domingo, 18 de março de 2007

O que é relação humana? A importância das RH para o TC - Parte II


Não existem dúvidas de que as pessoas são diferentes umas das outras. Mesmos gêmeos univitelinos, que tiveram a mesma criação, a mesma educação, desde pequenos demonstram características diferentes no comportamento, nas personalidades, no modo de agir em sociedade. Sempre tivemos consciência de que somos diferentes, de que temos necessidades diferentes uns dos outros. Apesar de tudo isso, compartilhamos de algo que é comum a todos os seres humanos: a capacidade de nos relacionarmos de forma consciente e voluntariamente uns com os outros.As relações humanas se estruturam através das interações entre as pessoas no seu dia-a-dia. Desde a infância aprendemos a nos relacionarmos primeiro com nossos familiares. Este processo prolonga-se através do tempo, acompanhando o indivíduo em todos os estágios da sua vida – escola, grupo de amigos, trabalho. Este processo de relacionamento entre os indivíduos acaba sendo de extrema importância para a estruturação da personalidade do ser humano.Devido aos diferentes fatores que são envolvidos nas relações humanas, tais como as características psicológicas de cada pessoa, de como está pessoa se integra nos ciclos sociais, da sua história de vida, este é um processo de alta complexidade, que não possui modelos ou fórmulas mágicas. Os modos de procedimentos nas relações humanas são demarcados pelas regras sociais às quais o indivíduo deve observar e adaptar (ou não) às suas próprias características de personalidade.O modo do indivíduo estar e perceber o mundo dependerá da multiplicidade das redes de interações que ele for estabelecendo durante a sua vida. Serão estas relações que construirão todo o sistema que sustentará o desenvolvimento social dos seres humanos. Onde houver mais de uma pessoa, envolvida num processo de troca de experiências, teremos um relacionamento humano.O estudo das relações humanas assumiu a importância que possui hoje, porque os estudiosos do comportamento humano perceberam que as relações humanas estavam sofrendo constante influência da mobilidade espacial dos indivíduos e dos grupos, do aumento sistemático do número de instituições e dos grupos sociais,dos quais todos nós pertencemos ou iremos pertencer, os contatos cada vez mais rápidos e superficiais que permeiam o cotidiano das pessoas. Assim, qualquer atividade que busque melhorar o modo como estas relações se estabelecem, e para isso precisa ter compreensão de todos os fatores envolvidos neste processo, assume um papel de extrema relevância no mundo atual. É preciso que se conheça cada um dos fatores que promovem uma relação harmoniosa entre as pessoas, respeitando cada indivíduo com suas características físicas e psicológicas.Se, como dito anteriormente, onde existem duas pessoas em interação há um relacionamento, podemos acreditar também que, nem sempre, este processo será totalmente harmonioso. É previsível a ocorrência de conflitos de crenças, costumes, valores, etc., pois qualquer tipo de relacionamento certamente estará subordinado às características que distinguem um indivíduo do outro.

1.3 – IMPORTÂNCIA DAS RELAÇÕES HUMANAS PARA O TÉCNICO EM CONTABILIDADE

Nós podemos nos relacionar com outras pessoas por vários motivos: profissionalmente, socialmente, por termos simpatia por ela, etc. Entretanto, o que importa neste momento é sermos capazes de avaliar qual o propósito pelo qual estamos buscando estabelecer um contato com outra pessoa. Isto é necessário porque irá impedir que o relacionamento humano que se estabelece naquele momento não seja ambivalente na sua interpretação.A tomada de consciência do propósito das relações humanas tem grande importância principalmente com relação aos relacionamentos profissionais. Se o profissional aprender a se relacionar profissionalmente de forma correta, muitos problemas futuros no local de trabalho ou com os clientes poderão ser evitados. Se o TC souber identificar o real propósito do seu relacionamento com os colegas e principalmente com os clientes, ele estará dando um passo certo para o sucesso do seu trabalho. No ambiente de trabalho o que deve predominar são as condições para uma verdadeira harmonia entre o homem e o trabalho, e vice versa. A base concreta para um bom relacionamento é ter percepção dos nossos deveres e obrigações, e dos limites e regras que fazem a relação social ser harmônica.
______________
in: INEDI, Relações Humanas e Ética (Profissional), módulo IV, Curso de Formação de Técnicos em Transações Imobiliárias,
3 Unidades. Brasília. Disponível em: www.inedidf.com.br. 2005. Na internet em 13/03/2007.

Nenhum comentário: